Blog

A única constante é a mudança.

13/06/2022 por Arlete Amoroso





"A única constante é a mudança."
 
Essa famosa frase, de mais de 2.500 anos, do filsósofo Heráclito de Éfeso, continua atual nos dias de hoje.
 
O mundo se transformou! Mudanças acontecem o tempo todo: na economia, no ambiente, socialmente, politicamente e nas organizações. Tudo isso gera sentimentos que desestabilizam a todos.
 
Com isso, vem a necessidade de nos tornarmos mais confortáveis e abertos às mudanças.
 
No universo corporativo, todo líder já teve a experiência de comunicar uma mudança organizacional: um novo sistema, processo, reestruturação. E muitas vezes, a resposta do time à mudança não é positiva e vem acompanhada de uma lista de razões do porquê devemos continuar exatamente como estamos.
 
Como fazer ela ser menos dolorosa?
 
A transformação organizacional acontece quando conectamos as mentes, os corações e os comportamentos das pessoas que serão impactadas.
 
Em seu livro "Change from the inside out", Erika Andersen dá 4 dicas de como os líderes podem auxiliar as equipes, mobilizando as pessoas que darão vida à mudança:

    •   Aumente a clareza sobre a mudança: Qual é a mudança? Por que ela está acontecendo? Qual o futuro melhor pós-mudança?
    •   Esclareça e reinforce as prioridades: deixe claro o que muda, o que não muda e o que é prioridade.
    •   Ofereça todas as opções de escolhas possíveis durante a mudança, isso diminui medo e desconforto e aumenta as chances de engajamento.
    •   Dê suporte constantemente sobre as mudanças que afetarão as pessoas. Escute, acolha os sentimentos delas.
 
Como líder, quando você compreende que o medo e hesitação fazem parte do processo inicial de mudança e apoia as pessoas nesta jornada, você deixa uma marca em seu legado, contribuindo para desenvolver habilidades, mindset, de pessoas mais abertas à mudanças e, como consequência, elas conseguirão navegar de forma mais tranquila diante de todas as mudanças que ainda estão por vir.
 
AUTOR: Arlete Amoroso Sócia Desenvolvimento Humano, Liderança & Coaching Sou apaixonada pelo desenvolvimento de pessoas. Isso sempre norteou minha carreira, primeiramente como gestora, e, mais recentemente, em processos, treinamentos em liderança e formação de novos coaches.
Veja mais postagens